Hacktivist: Uma graphic novel sobre hackers e revoluções

hacktivist

Seguindo a onda de revoluções contra a repressão de governos ditatoriais no mundo árabe, a atriz e produtora Alyssa Milano surgiu com a ideia para a graphic novel Hacktivist. A história segue as ações de dois hackers que à luz do dia são donos de uma bem sucedida rede social, mas à noite operam como uma organização hacker, auxiliando grupos revolucionários.

“Sou muito envolvida em ativismo global e filantropia. Gosto da ideia de pessoas do dia a dia fazendo o bem”, explica Milano. “Minha inspiração para Hacktivist é, na verdade, Jack Dorsey, o criador do Twitter e do Square. Imagino ele deixando o escritório à noite e indo para casa, onde ele se tranca em seu quarto e começa a hackear para mudar o mundo… Senti que Hacktivist era uma história forte e eu realmente queria contá-la visualmente”.

Hacktivist 001-005

Hacktivist 001-007

Os protagonistas são Ed Hiccox e Nate Graft, fundadores da YourLife, uma rede social inovadora, baseada em compartilhamento P2P, o que permite que seus usuários se comuniquem sem que tenham suas informações armazenadas em grandes servidores proprietários, como é feito atualmente por empresas como Google, Facebook e Twitter. No entanto, os dois bilionários também agem como uma organização hacker chamada “.sve_Urs3lf.”, no mesmo estilo que o grupo Anonymous.

Logo no início, Ed e Nate são mostrados invadindo o bloqueio virtual do governo da Tunísia e abrindo uma linha de comunicação para ajudar um grupo de revolucionários a divulgar suas ideias. Mas quando sua operação é descoberta pelo governo dos EUA e sua companhia é tomada por militares e pela CIA, Ed e Nate precisam encarar o mundo além do código e escolher entre sua amizade e o que eles acreditam que seja certo.

O ritmo instigante da história, o tema bastante atual e as maravilhosas ilustrações fazem de Hacktivist uma ótima opção para qualquer leitor. Hacktivist tem previsão de 4 edições, com 2 já disponíveis em formatos digital e físico (em inglês). As edições 3 e 4 têm previsões de lançamento para 26/03 e 23/04, respectivamente.

 

David Borges

Um dia... Boom! Dragão sem Chama.

4 thoughts to “Hacktivist: Uma graphic novel sobre hackers e revoluções”

  1. Estou louca para ler esse quadrinho da hq, mas em todo site que eu visito não tem muitas informações, gostaria de saber quando vai chegar aqui no Brasil e se também vai chegar em português?

    1. Oi, Daiane, pesquisei sobre um possível lançamento de Hacktivist no Brasil, mas também não encontrei informação. Então decidi enviar um email pra editora Archaia, perguntando sobre planos de tradução pra português. Tô aguardando resposta de lá (n_n)/

  2. oi amiguinho, quando tu puder botar uns links pra gente ir direto para onde encontrar essas pepitas por favor adicione nos posts, pois é meio xarope ficar catando no google um caminho que outra pessoa já fez. no mais, gostei muito do teu blog e entrou para meus feeds favoritos. abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.